sábado, 14 de julho de 2018

Fechamento Junho/2018 (R$ 4000,36)

E aí pessoal da blogosfera, tudo na paz?

Eu estou bem afastado da comunidade nessas últimas semanas, devido a algumas atividades que precisei fazer e ainda preciso. Acho que todo blogueiro da comunidade já passou por isso, ou ainda vai passar.

Pois bem, no momento só estou podendo postar o fechamento mensal, e olhe que bastaaante atrasado, rsss.

Meu aporte esse mês foi de R$ 1282,46.

- R$ 1049,56 em títulos Selic
- R$ 333,00 em dólares
- Tive um 'desaporte' de R$ 100,10 que foi o saldo que estava parado nas corretoras, pois decidi desconsiderar esse valor, já que como não rende nada, só fica à disposição para ser investido, então não é "investimento". O valor parado nas corretoras consta no balanço patrimonial, mas não no consolidado dos investimentos.

O consolidado dos investimentos está em R$ 4000,36.

Pois bem, segue o balanço:



Evolução do patrimônio desde janeiro, que foi quando quitei os consignados e fiquei finalmente positivo:




A distribuição dos investimentos:





E a planilha do ADP, com as informações consolidadas:




Ou seja, minha rentabilidade geral foi negativa em -2,83%, devido o investimento em dólares não ter sido muito bom nesse mês de junho.

Porém a rentabilidade histórica, que é também igual a desse ano, segue acima dos 10%, o que para mim está caminhando bem.


Perdoem-me a ausência, especialmente em comentar nos blogs dos colegas. Assim que possível pretendo ser mais assíduo.

Um forte abraço e fiquem todos com Deus, sempre.

Diário de um Poupador

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Fechamento Maio/2018 - (R$ 2834,43 / + 3,00%)



Olá colegas da blogosfera, como estão?

Hoje trago o fechamento de maio.


Bom, sempre gosto de relembrar os pontos relevantes da minha trajetória rumo à independência financeira nesse ano de 2018; eles têm sido basicamente os seguintes:


- Finalizei meus empréstimos consignados e passei a ter meu salário livre para aportar
- Me intitulo um "poupador", mas com fortes traços de "gastador", os quais preciso manter sob controle
- Nos investimentos eu voltei a operar como trader, como expliquei aqui e aqui.


Sinceramente, mais um mês onde eu fui gastando um pouco mais do que podia, finalizando o mês praticamente no breakeven, no zero a zero. E se não fosse essa crise da gasolina, onde eu passei uma semana com o carro sem rodar praticamente nada, o rombo teria sido maior, pois eu teria abastecido o tanque full, e lá se iam vários reais do patrimônio nessa máquina de consumir dinheiro, chamada carro.



Resultado: terminei o mês no zero a zero. Eu esperava mais de mim: mais economia, mais frugalidade, mais auto-controle, mais disciplina. Vamos para mais um mês em busca desse ideal. Pelo menos o aporte em renda fixa, tesouro Selic, eu consegui cumprir, conforme relatei no post do Aporte de maio.



Bom, agora vamos ao fechamento de maio:

O aporte desse mês foi relatado aqui, e foi em renda fixa, no valor de R$ 948,97, mais R$ 51,03 deixados na corretora, e ainda deixei uma laminha no mercado pago, no valor de R$ 6,22;


Totalizando: R$ 1006,22 aportados.

Portanto o aporte foi somente em renda fixa, não aportei nada em dólares esse mês, como vinha fazendo nos últimos dois meses. A expectativa agora é só aportar algo em dólares no segundo semestre, conforme planejamento mais abaixo.

Para esse mês de junho eu tinha planejado aportar R$ 3000,00 mas somente será possível aportar R$ 2000,00, todos em renda fixa, a princípio.



RESULTADO DOS TRADES E DESCRIÇÃO DO INVESTIMENTO EM DÓLARES

Em dólares, tive uma rentabilidade negativa de -1,05% em cima do valor inicial do mês de 479,65 dólares, finalizando o mês com 474,59 dólares na conta da corretora. Ou seja, 1,05% a menos que o valor inicial do mês.

Os trades começaram bem no início de maio, mas durante o mês eu fui tendo alguns prejuízos que me deixaram com menos 1% do valor inicial do mês na conta.

Nesse momento estou passando por um drawdown de -3,14% dos investimentos em dólares inicialmente aportados. Ou seja, eu aportei ao todo 490 dólares, e estou negativo em 15.41 dólares, -3,14% da conta.


Porém, com mais uma alta do dólar nesse mês de maio, que saiu de R$ 3,55 para R$ 3,76 até hoje, eu fechei o mês com o saldo POSITIVO, considerando o investimento em reais. Ou seja, em vez de -1,05% negativos, em reais o investimento VALORIZOU 4,80%.


O montante total do final do mês foi então de 474.59 dólares. E como o dólar valorizou do dia do aporte até hoje, com uma cotação de U$ 3.76, o total de investimento foi para R$ 1784,45.


DESCRIÇÃO RESUMIDA DO INVESTIMENTO EM DÓLARES


Em Dólar:

Valor no início do mês: U$ 479.65
Valor aportado: U$ 0.00
Valor no final do mês: U$ 474.59
Resultado mensal: U$ 5,06
Porcentagem: - 1,05 %


Em Real:

Valor no início do mês: R$ 1702,75
Valor aportado: R$ 0,00
Valor no final do mês: R$ 1784,45
Resultado mensal: R$ 81,70*
Porcentagem: + 4,80%*

*Considerando a valorização do Dólar, de R$ 3,55 para R$ 3,76.


Segue então a planilha com o consolidado dos investimentos:





A valorização da carteira como um todo foi então de + 3,00%
Abaixo segue o meu balanco patrimonial, onde eu incluo o valor da reserva de emergência na poupança, apenas para controle, e não considerando como investimento. O valor considerado como investimento é apenas aquele para o qual não tenho planos a curto/médio prazo.


Balanço Patrimonial Diário de um Poupador:






Evolução do patrimônio:



Abaixo segue o gráfico da evolução do patrimônio desde janeiro desse ano, que foi quando quitei o último consignado, terminei o mês no azul e dei início de fato a minha caminhada de investimentos:




Distribuição dos investimentos por ativo:




Evolução do patrimônio aportado em dólares:


Rentabilidade dos trades:





Por hoje fico por aqui. Durante o mês pretendo vir aqui postar o aporte, de acordo com o envio para a corretora.

Também pretendo trazer um post aqui sobre justamente eu tentando me controlar, manter os gastos sob controle, e a psicologia envolvida por trás dessa mentalidade poupador Versus gastadora.





Um forte abraço a todos os colegas da comunidade, fiquem com Deus e até mais.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Como disponibilizar arquivos para download direto no blogger

E aí colegas da corrida rumo à IF, tudo na paz?

Eu vim aqui trazer essa dica para vocês pois eu queria aprender como disponibilizar um arquivo para download direto no blogger, pois aqui não há essa opção.

Daí pesquisei e a melhor forma que achei, já testada por mim, é a seguinte:

Faça upload do arquivo para sua conta no Google Drive, clique no arquivo com o botão direito e clique em compartilhar:




Daí na janela que abrir, clique em "Receber link compartilhável":



Então copie o link que aparecer, e agora abra o bloco de notas e cole o link lá:



O link disponibilizado é na forma:

https://drive.google.com/file/d/XXXXXXXXXXX/view?usp=sharing

Onde XXXXXXXXXXX é o ID do arquivo.


Só que o link para fazer o download direto de qualquer arquivo no Google Drive é assim:


Onde XXXXXXXXXXX é o ID do arquivo.Daí você RETIRA essa parte selecionada entra o "d/" e o "/view", que é o ID do arquivoe coloca nesse link aí de cima, após o sinal de "=".

Então, basta copiar o ID do primeiro link (a parte selecionada vista ali no bloco de notas), e colar esse ID no segundo link, conforme explicado abaixo:



Pronto, agora é só escrever seu post, e colocar uma palavra chave para o link, pode ser "Download" por exemplo (bem criativo, não?), seleciona essa palavra chave, vai na parte de incluir um link que o Blogger disponibiliza e lá cola o link alterado, no caso esse: https://docs.google.com/uc?export=download&id=XXXXXXXXXXX, já com o ID trocado.

E voilà.

Quem clicar no link vai fazer o download DIRETO no computador, sem precisar ir a outro site hospedeiro, ou então ir ao Google Drive procurar como baixar, porque oh coisinha chata é ficar procurando qual é o bendito botão pra fazer o download hein!


Espero que tenham gostado, qualquer dúvida estou à disposição nos comentários.

Um forte abraço e fiquem com Deus.






sexta-feira, 11 de maio de 2018

Início da Série: Análise Gráfica de Ações na Bolsa #1

Olá pessoal.

Eu decidi iniciar uma série de posts onde eu irei analisar o preço de diversas ações na bolsa. Trazendo aqui uma análise do que o preço está fazendo no gráfico.


Pra quem já me acompanha sabe que sou trader e opero no mercado cambial internacional, conhecido por FOREX, porém os princípios da análise gráfica se aplicam a qualquer ativo.


O objetivo aqui está longe de indicar compra ou venda de qualquer ação, é apenas uma experiência que gostaria de fazer em analisar as ações de nossa Bovespa, da mesma forma que olho os pares de moedas no mercado Forex.


Farei isso na forma de uma simulação, onde eu vou montando uma "carteira" com as ações em que eu ver o sinal do meu sistema acontecendo.


Por que que chamo de "carteira" se é trade?


Simples, porque apesar de ser trade, minhas operações não são pra o curtíssimo prazo, como day-trading, pelo contrário, carregarei as operações por vários dias, semanas, e até meses se necessário. A diferença entre um investimento convencional em ações e a forma que pretendo trazer nessa série, é que a única variável que vou olhar será o PREÇO, nada mais. Sem olhar balanços, lucros, dividendos, patrimônio líquido, fluxo de caixa, valor intrínseco, nada. Também não analisarei indicadores tipo MACD, RSI, Bolinger bands, entre outros, nada. Somente o preço!


É certo que esse é um assunto não muito abordado por aqui na blogosfera, tendo em vista a grande maioria dos colegas investirem de forma mais conservadora, fazendo a chamada análise fundamentalista. Não tenho absolutamente nada contra, aliás uma das minhas pretensões de investir em renda variável é seguindo a fórmula do Joel Greenblat, da qual fiz um estudo detalhado por aqui no ano passado. E ela se encaixa na mais pura essência fundamentalista, pois somente aponta empresas para a carteira analisando seus balanços e índices calculados, por exemplo, a fórmula só indica ações de empresas lucrativas.


O que quero trazer aqui é uma abordagem nova. Já que o pessoal tem reclamado que a blogosfera está sem novidades, meio parada, essa série de análise gráfica das ações da bolsa será minha tentativa de inovar por aqui. Aliás nem sei se alguém já faz isso. Até o momento só conheço o Ligo Investimentos, o Janota Investidor, e o UÓ que fazem trade. Mas o Ligo e o Uó pelo que entendi só operam Mini Índice no dólar, e o Janota opera opções, mercado que não conheço por nunca ter me aprofundado no assunto.


Então estou disposto a trazer essa novidade por aqui, vamos em frente?



Para dar início, começo mostrando aqui a análise da Via Varejo:


VVAR11







Na imagem acima temos o gráfico Diário da VVAR11, e no dia 08 de maio é possível visualizar que após uma forte alta, seguida de um queda ainda mais forte, o preço fez um padrão de rejeição ao nível que antes fora resistência. Espera-se que agora esse nível funcione como suporte e empurre o preço para cima.

Pelo meu sistema ela deu um sinal de compra, pois o preço fez um sinal de rejeição forte numa zona de suporte/resistência.


Na simulação entrei comprado a R$ 26,80, o limite de perda está em R$ 25,00 caso o preço se mova no sentido negativo. E o limite de ganho inicial está em R$ 33,00, que foi a máxima do mês passado.



CARTEIRA


 - 100 ações da VVAR11 a 26,80, total de 2680,00

Limite de ganho: R$ 33,00
Limite de perda: R$ 25,00
Melhor cenário: R$ 3300,00 (23,13%)
Pior cenário: R$ 2500,00 (6,71%)



ITUB4



O Itau após uma forte subida nos últimos meses do ano passado, desde janeiro desse ano o preço estava indeciso se subiria ou não, e daí ficou lateralizado. No início do mês o preço rompeu a mínima que vinha fazendo desde o começo de 2018, e agora está retornando ao nível rompido. Caso chegue a esse nível, e mostre algum padrão de rejeição conforme meu sistema, será a próxima ação da carteira, para entrar vendido. Precisarei aguardar semana que vem para ver o que o preço irá fazer.


BBAS3



No gráfico semanal do Banco do Brasil vemos a imagem acima, claramente em tendência de alta, porém efetuando uma correção de considerável força. Acontece que essa coreção chegou a um ponto muito importante, a junção de dois suportes: um horizontal, e uma linha de tendência de alta. Essa zona pode ter força para rejeitar a correção e continuar elevando o preço de volta para a máxima histórica do banco, que aconteceu no mês de março desse ano. Se esse for o caso, é bom esperar um movimento do preço de rejeição ao nível, da seguinte forma:


Esse gráfico acima é o Diário, onde é mais provável tomar decisões acertadas.  Mas eu sinto que seria melhor esperar uma confirmação no gráfico semanal para maior probabilidade.

Caso os vendedores estejam realmente com mais força que os compradores, esse último movimento de queda vai romper os dois suportes acima vistos, e fechar o preço abaixo do suporte horizontal nos R$ 35,00. Se isso acontecer, poderemos esperar o seguinte movimento no gráfico para pensar em venda:


Nesse caso o objetivo de ganho seria nos R$ 30,00.

Essa última análise foi a pedido nos comentários. Caso você deseje que eu traga aqui a análise de alguma ação específica, pode pedir aí abaixo que incluo ou aqui, ou no próximo post da série.



Nos próximos posts da série vou atualizando o resultado da carteira e vou postando as análises das ações brasileiras, mostrando o que espero que aconteça para aí sim, entrar comprado ou vendido e incluir o ativo na carteira.


Se essa simulação vai dar lucro? Não sei. Se vai dar prejuízo? Também não faço a mínima ideia. Apenas irei aplicar aqui meu conhecimento de Price Action na análise de ativos, e ver como ela vai funcionar no longo prazo na bolsa brasileira.


Desejo a todos um excelente fim de semana.


Fiquem com Deus e até mais.


Diário


________________________________________________________

IMPORTANTE
As informações nesse blog são apenas de caráter pessoal, não constituem orientações de investimentos. Se você quiser orientações desse tipo deve buscar em meios devidamente autorizados para tal. Tudo que está aqui é o acompanhamento de minhas operações cotidianas em relação a poupar.

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Aporte Maio/2018 - Enfim, Início da Reserva de Emergência



Hi guys, how are you doing?

Well... deixa escrever em português mesmo, hehe

Bom, estou aqui para divulgar o aporte desse mês, e finalmente consegui, com muita resistência, enviar o dinheiro da reserva de emergência para corretora, e adquirir os títulos da Selic que previ.

Com muita resistência porque em vez de enviar logo de cara o dinheiro, fiquei segurando, adiando, vendo o que ia acontecer, postergando, procrastinando, mas fazendo isso por puro vacilo. Eu já tinha calculado o valor, já tinha montado o orçamento em bases extremamente detalhistas, mas o receio de gastar errado em mais um mês, e precisar de dinheiro no final do período, me fez ter essa atitude de adiar.

Mas acabou, tomei coragem e enviei o dinheiro para a corretora que utilizo, a Clear. Fiz o TED pelo internet banking*, coisa que ainda não tinha feito, somente na agência, e contabilizei no orçamento e nos investimentos (Apesar de ser reserva de emergência, apenas incluo no Balanço Patrimonial a título de registro mesmo, na planilha do AdP vai só os investimentos de fato).

* Uma coisa simples, mas não sabia que pelo internet banking a taxa de transferência é bem mais barata!

Esse mês, tendo em vista a percepção de como é importante ter essa reserva, deixei de lado o aporte em dólares nesse mês de maio, para mandar pelo menos essa quantia para lá, e me motivar a montar essa reserva tão importante.

Foram portanto, conforme previ no fechamento anterior, R$ 1000,00, onde eu adquiri 0,10 de títulos da Selic, que deu um total de R$ 948,97, e ficou um saldo de R$ 55,38 na corretora. Esses valores parados na corretora, que já somam R$ 93,88 considero reserva de emergência, devido estar lá pronto para ser usado em caso de... emergência, claro :P

Também estão na poupança os R$ 100,00 do mês passado, mais um saldo de aproximadamente R$ 50,00. Esse para emergências mais rápidas.

TRADES

Também continuei as operações no mercado FOREX, como explico aqui e esse mês tenho tido resultados positivos após um mês negativo

Terminei o mês passado com U$ 479,65 dólares, -6,02% negativos em relação ao que tinha começado no mês de abril. E nesse momento, com as operações que abri devidamente fechadas, estou com U$ 516.95, uma valorização de 7,77%, e uma valorização histórica, em dólares, de 5,5% em 2 meses e meio.

Considerando a valorização do dólar, essa valorização histórica está em 12,14%, já que investi ao todo R$ 1636,50 e agora o saldo em reais está em R$ 1835,17 (516.95 * 3,55)


Segue portanto o Balanço Patrimonial atualizado:

Fico por aqui, um grande abraço a todos os amigos dessa comunidade.

Fiquem com Deus e até mais...

See Ya...

Diário

terça-feira, 8 de maio de 2018

Responder com educação demonstra o nível do caráter de alguém



Olá colegas, como estão?

Recentemente aqui no blog aconteceu uma situação de um comentário anônimo criticando o fato de eu praticar a atividade de trading. Você pode ver o desenrolar dessa história clicando aqui.

Daí, após eu responder à crítica, eu já esperava e estava preparado para uma tréplica feita de forma cética, e com críticas ainda mais fortes... nada diferente do normal no mundo altamente estressado e desconfiado em que vivemos.

Porém, ao entrar no blogger, me deparo com uma resposta branda, tranquila, compreensível, que me deixou admirado.

Eis o que o anônimo me disse:


Eu achei uma resposta excelente, não pelo fato de ele ter entendido o meu argumento, mas sim pela forma educada como ele me tratou, o que é algo bem difícil de ver em uma 'discussão'.

Isso me lembra um texto do livro de Provérbios, na Bíblia, que diz o seguinte:

"A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira..." (Pv. 15:1a)

Só quis trazer isso aqui pois da mesma forma que gerei um post sobre a crítica inicial, uma resposta branda e educada dessas merecia um destaque ainda maior.

Deixo aqui meus agradecimentos ao anônimo do comentário, e deixo também um pedido para todos nós: Sejamos sempre brandos, uns com os outros. Mesmo que não concordemos com uma opinião, um comentário, até muitas vezes injusto com nossa pessoa, pensemos bem antes de responder. E se o fizermos, façamos com educação, sem ofender, da forma mais branda possível. Esse conselho Bíblico, apesar de escrito mais de 2000 mil anos atrás, permanece bastante atual.

Fiquem com Deus e um forte abraço a todos.

Diário

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Minha resposta a quem critica o fato de eu ser trader


Olá colegas, como estão?

Hoje queria trazer aqui um fato que aconteceu na minha última postagem, a do fechamento de abril.


Pra quem já me acompanha, sabe que faço trade, e não tenho nenhum problema com isso, pelo contrário, considero uma atividade que se feita com disciplina e profissionalismo, é uma excelente ferramenta para incrementar a rentabilidade dos investimentos. Mas muitos não pensam assim.


É fato que inúmeras pessoas perdem dinheiro com essa atividade, inclusive muitos perdem altos valores, isso quando não perdem tudo! Daí gerou-se em muitas pessoas a imagem daquele trader maluco, com os olhos vermelhos de tanto passar horas olhando gráficos, acompanhando cotações freneticamente, ansioso, eufórico, pensando que vai ficar rico em poucos dias, e começando com pouco dinheiro. Ou então, imagina-se alguém iludido, achando que vai viver de trading a partir de agora, e não precisa mais trabalhar... essa é a visão que muitos que estão dentro têm da atividade, e que muitos que estão fora veem nos 'pobres coitados' traders, iludidos por corretoras, pagando altas taxas de corretagem, e dando dinheiro pras mesmas.


Se você não pensa assim, ótimo. Se pensa, precisar olhar com outros olhos.

Aqueles que perdem dinheiro no trading, a grande maioria, são aqueles que não têm a atividade como algo sério, não operam de forma profissional. Esses de fato pensam que vão ficar ricos em pouco tempo, e fazendo bem pouco. Por isso acabam tendo atitudes totalmente contrárias àquelas que deveriam ter caso quisessem de fato se dar bem nesse ramo. Essas atitudes erradas são: operar sem um sistema de negociação, apenas com base em sentimento de mercado; operar por demais alavancado, aumentando o risco de cada operação; operar em excesso, praticando o overtrading; se deixar levar pelas emoções, afetando as negociações, entre tantos outros. Dá pra fazer uma série de posts somente sobre a atividade de trading, e pretendo fazer, pra quem gosta do ramo, claro...


O COMENTÁRIO

Eis então que um anônimo veio ao meu blog, viu meus resultados negativos do mês de abril e, com base apenas nesse mês isoladamente, num único fechamento negativo, chegou à conclusão que o trading "claramente não está dando certo" para mim.


Diante da crítica, a qual fiquei feliz em receber, pois assim poderia vir aqui dar uma resposta mais abrangente, escrevi uma resposta elaborada, trabalhada, a qual gostaria de compartilhar com os amigos da comunidade que me acompanham e sabem minha história. Mas também para aqueles que vêm aqui e pensam mal de mim só por lerem a palavra TRADE! Sei que muitos quando veem que sou trader, já me tiram qualquer credibilidade.


Segue, portanto, o comentário e minha resposta:


___________________________________________________________


Primeiramente obrigado pela visita.

Quanto ao fato de eu 'insistir' em fazer trading, se deve ao fato de eu me identificar com essa atividade.


Quanto ao fato de 'claramente não estar dando certo', se faz necessário entender que é preciso um intervalo de tempo considerável para definir que algo não está dando certo. Por exemplo, alguém que compre ações de companhias seguras, estáveis, e as mantenha na carteira sem previsão de venda, o velho Buy and Hold, caso tenha alguns meses de prejuízo, ou até anos, mesmo com os dividendos, não pode, e não deve, considerar que sua atividade está 'claramente não dando certo'.


Para qualquer sistema de investimento é preciso um período inicial geralmente difícil, de bastante aprendizado, pegando o jeito, afinando as atitudes, aparando as arestas, e com o tempo qualquer sistema de investimento sólido e feito com disciplina gerará resultados. Se assim não fosse, um empreendedor deveria desistir no seu segundo mês, caso tivesse um resultado negativo, pois 'claramente o negócio não estaria dando certo'.


Aliás, não sei se você viu meu fechamento anterior, mas caso não tenha visto, eu obtive um rendimento superior a 12% no mês. Um ótimo início na minha ótica. Esse mês minha estratégia passou por ajustes e tive algumas perdas, algo absolutamente normal para quem quer ter sucesso no longo prazo, saber superar as derrotas, e se manter firme na luta, sempre buscando a vitória.


Sei que o trading não é bem visto aqui na comunidade, isso é fato. E o fato de eu vir aqui expor meus resultados diante de tantos olhos, mesmo que resultados negativos, mostra que não tenho problemas em divulgar essas informações, pois considero as perdas obstáculos necessários para se atingir o sucesso.


De qualquer forma, fico sinceramente agradecido que você tenha me feito esse questionamento, pois é o pensamento de muitos que vêm aqui, e também quando veem algum trader tendo resultados negativos. O primeiro pensamento é: "olha aí tá vendo, não tá dando certo, e muito provavelmente não vai dar certo. Não sei por que ele não desiste disso logo..."

Se não for o seu caso, me desculpe. Se for, essa é minha resposta.


Espero que não tenha me entendido errado, pois apenas quis explicar meu argumento, não só para você, mas para muitos que aqui vêm e pensam mal de quem faz trade e busca nesse meio uma oportunidade para ter um bom rendimento nos investimentos.


Obrigado, um abraço e fica com Deus.

________________________________________________________________

Para ver o post com a crítica e a resposta, clique aqui.


Como podem ver, a pessoa que fez o comentário concluiu que o trading não estava dando certo pra mim unicamente com base no resultado do último fechamento, onde eu tive um momento de perdas.


Eu mesmo só concluirei algo (quanto ao sistema, não ao trading) depois de muito tempo operando da forma que opero, depois de muitos dias, semanas, meses, anos, depois de muitas operações e análises. Não é um mês negativo que vai me fazer desistir de algo que decidi ter como segunda carreira.


Só pra por a cereja no bolo, até o momento, devido a algumas operações que eu tinha aberto mês passado e que ainda não fecharam, que estão com um lucro considerável, e somadas a outras que abri nesse início de Maio, eu já conto com uma valorização de + 6,25%. Já não estou mais negativo, já estou no lucro, e trabalhando como venho fazendo. Se vou terminar o mês no lucro? Não sei. Se vou ter prejuízo? Também não faço ideia. Mas estou aqui pra o que der e vier, fazendo minha parte todo dia, com disciplina e paciência, sempre aprendendo cada vez mais, e o melhor, me divertindo, pois nessa atividade eu não sinto o "peso" do trabalho.


Um forte abraço a todos vocês, fiquem com Deus e até mais...


See ya ;D