quarta-feira, 2 de novembro de 2022

Fechamento Out/22 + RANKING Blogosfera + Minha Licença do Serviço Público

Fala meus amigos. Mês passado eu não postei o ranking, mas hoje vamos com tudo. Primeiro o ranking, mas não deixem de dar uma olhada no meu fechamento e no que tenho pra falar pra vocês. Talvez algumas opiniões sejam interessantes.



O ranking está mais recheado, e agradeço à colaboração dos senhores que comentaram no último, de agosto/22, e assim novos participantes estão na parada.

O estreante Mendigo Investidor, apesar de não ter atualizado ainda em outubro, seu patrimônio de setembro é suficiente para colocá-lo em primeiro lugar na tabela, sendo o único com patrimônio acima de 1M.

O Jardim Epicurista (não conhecia o colega) vem em segundo lugar, precisei descontar o imóvel de 500 mil reais do seu patrimônio, e assim, o valor que aparece ali é apenas referente a seus investimentos não imobilizados, que já é tradição na nossa finansfera considerar apenas estes para fins de independência financeira.

O Ele Não Surfa Nada eu já tinha ouvido falar, mas não o via há muito tempo, talvez por não tê-lo em minha lista de blogs. aparece em terceiro com mais de 660 mil reais de patrimônio.

O Cowboy Investidor ainda não atualizou seu fechamento, mas aparece aqui em quarto lugar, e acredito que permanece, embora o João Dinheiro, também estreando esse mês no ranking, esteja indo bem, e ainda não atualizou seu patrimônio de outubro. Talvez passe os 500 mil, vamos aguardar.

Poupador do Interior está quase batendo os 300k. Força aí colega. Nurrumo do Milhão também vem consistente, embora eu não sei se ele percebeu, mas esse nome será péssimo quando ele passar de 1M, pois vai dar a entender que ele quer perder dinheiro, kkkkkkk.

Eu apareço logo atrás, em que tive um aumento considerável do patrimônio, com crescimento de 3,74%. Mais abaixo algumas informações interessantes pra vocês.

Investidor do Milhão de um baita pulo, como já imaginávamos que seria após iniciar seus trabalhos como médico recém formado. Esperamos que ele acabe passando os mais próximos nos meses seguintes.

Tio Patinhas Investidor estreando também em outubro por aqui. Soldado do Milhão ainda não atualizou seu patrimônio, mas em setembro conseguiu um bom resultado, passando de 80 mil reais. Mais um estreante, o Bilionário do Zero aparece aqui com mais de 74 mil reais.

Inner Burn e seu blog, digamos, "diferente', até atualizou setembro, mas outubro está faltando. Investir em Disciplina aparece em 14º, em penúltimo, e com uma leve queda entre setembro e outubro, -0,39%. Por fim, o Mago Economista aparece em último lugar, mas a forma que ele conta seu patrimônio, até interessante, não nos deixa saber qual valor em reais as 'coroas' se referem. Sendo assim, ele continua aqui, claro, mas seria interessante se ele postasse os valores. Fica a dica.

SOBRE O RANKING

Pretendo manter a tradição, mas peço a todos a compreensão pra duas coisas:

1 - Caso eu não consiga postar algum mês, peço paciência. Vou me esforçar pra ser o mais regular possível

2 - Divulguem esse ranking em outras mídias e blogs, pra atrair mais interessados em participar. Ajuda muito

MINHA SITUAÇÃO E FECHAMENTO

Como falei, queria trazer aqui as mudanças que ocorreram comigo e minha família nos último anos. Sou funcionário público federal LICENCIADO. Isso mesmo, mesmo ganhando muito bem no setor federal, cerca de R$ 10 mil líquido mensalmente, decidi pedir uma Licença para Tratar de Interesses Particulares. Pra quem não sabe, os servidores federais (e muitos estaduais), após finalizado o estágio probatório, têm direito a se afastarem do serviço público, SEM SALÁRIO, para tratar de qualquer coisa que quiserem, desde, claro, que essa "coisa" não entre em conflito com seu serviço. O tempo para os servidores federais, após a última atualização da legislação, é de 3 anos, prorrogável por igual período, sendo que o servidor não pode (poderia) tirar mais de 6 anos fora da sua atividade durante toda sua carreira. Agora, não sei ao certo, mas parece que tiraram essa limitação dos 6 anos, e se o servidor quiser, ele fica afastado por quanto tempo for necessário, desde que renove sua licença de 3 em 3 anos.

Qual a vantagem disso?

Bem, como MUTOS concurseiros, a atividade pública atrai pelo salário e estabilidade no serviço. Depois o cara pode até gostar do que faz, mas no início pra grande maioria é isso aí, não tem pra onde correr. Eu até gostava da minha atividade, trabalhava em regime de escala, mas devido aos riscos envolvidos, e outros problemas de atuação na parte noturna, que me levaram a piorar meu quadro de ansioso clínico, passei a refletir na possibilidade de me afastar. Acontece, óbvio, que sem dinheiro não dá pra comer, né. Então eu não fui à frente com isso por muitos anos.

Até que em 2019, minha esposa começou um negócio online, e eu ficava ajudando. O dinheiro começou entrar, e apesar de momentos de altos e baixos na renda, conseguimos juntar esse patrimônio que temos, acima de 100k. Desde meados do ano passado conseguimos uma atividade regular para uma empresa no exterior, para atuar no que sabemos fazer com qualidade, nosso ramo. Assim, passamos a receber um "salário", embora seja contrato, e não emprego formal. Minha esposa abriu uma empresa e tudo que vende e negocia é através do seu CNPJ. Como eu queria ajudá-la mais, precisaria passar mais tempo envolvido nisso tudo, mas os horários do meu trabalho regular poderiam chocar. Juntando isso ao fato de que há anos já queria um afastamento mais duradouro da atividade de risco que exercia, pensei que estava na hora, e em 2021 solicitei a licença, mas foi negada!

Sim, meus amigos, eu achava que era só pedir e pronto. Mas não era tão fácil assim. Primeiro eu me vi diante de uma ENORME burocracia com documentação pra juntar ao processo, e as justificativas mais diversas pra solicitar. Após isso, ainda precisaria de 3 autorizações pra poder finalmente ter meu direito:
1 - da chefia imediata
2 - do chefe do chefe (da regional)
3 - do chefe geral de pessoal, em Brasília

O meu chefe imediato, naquela época, até era a favor, mas esperou a recusa do chefe regional pra poder recusar também, me avisando de sua decisão. Em 2021 eu ainda não estava tão bem capitalizado, com um patrimônio de aproximadamente 80 mil reais. Assim que a recusa saiu, eu fiquei até, de certa forma, aliviado, pois antes de sair eu ficava tenso, com medo de justamente quando estivesse de licença, a empresa do exterior encerrasse o contrato, e as vendas do negócio de minha esposa diminuíssem. Assim, aqui em casa estávamos ganhando duas vezes, e decidi ficar mais um tempo, sem entrar por exemplo na justiça pra ter meu direito concedido. Ganharíamos mais, e poderíamos juntar mais.

Acontece que esse pensamento de ganhar mais me fez gastar boa parte da grana que ganhamos, e juntamos bem menos do que gostaríamos. De qualquer forma, quando a situação apertou no serviço, e meu psicológico já estava nas mínguas, decidi que era a hora de pedir novamente. Isso era quase 1 ano depois. Pedi e agora embasei muito bem meu pedido, pois mostrei que não estava bem pra trabalhar há muito tempo, e que apesar de manter um bom desempenho como servidor, por dentro eu estava péssimo, precisando de um tempo pra refletir.

Graças a Deus, Ele tocou no coração do chefe regional que me deu a licença, e assim foi só uma questão de formalidades pra ficar tudo configurado e eu sair livre em setembro desse ano! Portanto, estou há 2 meses sem obrigações com o serviço público, mas também sem remuneração por parte do governo. Continuo pagando o INSS por opção própria, pois temos essa possibilidade.

Nossos rendimentos mensais giram em torno de 15 a 20 mil reais, quase o dobro do que ganhava no setor público. Desse valor, cerca de 14 mil é regular dos serviços prestados pra empresas no exterior, uma parte considerável. De forma que se por ventura o contrato fosse descontinuado, eu precisaria entrar nas reservas pra poder manter o padrão de vida, que aqui em casa gira em torno de 10 mil reais da minha família diretamente, mais uns 3 mil de auxílios que pagamos de nossos familiares, e com os quase 2 mil no INSS, precisamos de 15k pra viver sem diminuir nada na nossa qualidade de vida.

Nesse contexto simplificado, pareceria uma questão de tempo até que eu voltasse a trabalhar. Porém estou trabalhando em alguns projetos e esse ano pretendemos lançar uma mentoria na internet, e a expectativa é que nos primeiros meses já estejamos ganhando acima do que as empresas no exterior nos pagam, tornando então esses valores recebidos um 'extra' muito bom. Meus cálculos mostram que se continuarmos firmes, em pouco menos de um ano, esse "extra" pode não estar compensando o tempo dispendido nas atividades, que deverão então ser voltados com foco no projeto nosso pessoal da mentoria. Pretendo trazer mais sobre isso nos próximos fechamentos.

FECHAMENTO DIÁRIO OUTUBRO/2022

Esse mês assim terminou meu balanço resumido.



Abaixo segue minha evolução patrimonial ao longo dos anos.


É possível ver como finalmente consegui superar o máximo de agosto de 2021, mais de um ano depois.


Evolução e Rentabilidade pela Planilha AdP



Valeu galera, depois trago mais novidades.

Peço que coloquem esse meu site na sua lista de blogs, pois ajuda muito na divulgação. Quem quiser, é só me avisar que acrescento na minha lista também, que gera acessos pra vocês a partir de quem entra aqui.

Por hoje é isso. Comenta aí o que achou!

Forte abraço a todos e fiquem com Deus.

Isenção de Responsabilidade
Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não sou profissional de investimentos nem consultor financeiro licenciado. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. O Diário de um Poupador e seu criador não são responsáveis pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.

6 comentários:

  1. Muito bacana sua estratégia de renda extra se tornar realidade e principal também! O bom de ser servidor é ter esse recurso da licença. Estou a procurando algo para fazer como extra também, e quem sabe fazer que nem vc. Tenho uns planos. Mas preciso de sócio, pois como vc sabe, servidor não pode ter empresa individual, só em sociedade.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por ter superado o pico de seu patrimônio!
    E que legal o serviço público ter essa possibilidade... quem dera no mercado privado fosse possível pedir afastamento sem salário ou férias extras sem salário e mantendo a vaga... claro que isso nunca aconteceria no mundo empresarial, mas sonhar não custa nada. Também tenho ansiedade e sei pelo que você passa, embora eu não corra risco de vida na minha profissão. A ansiedade é uma das doenças do mundo moderno, junto da depressão e do burn out. A sociedade precisa superar isso, senão a tendência é termos ainda mais malucos no futuro, porque essas coisas (que muitos infelizmente consideram frescura) vão nos consumindo aos poucos. É complicado...
    Quanto ao meu patrimônio em "Coroas", eu faço assim porque não me sinto confortável divulgando o valor real, então prefiro colocar esses "números-indice" (as coroas) para divulgar só a evolução e conseguir acompanhar minha evolução ao longo do tempo, como se meu blog fosse meu diário.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela coragem em pedir a licença. Em 2018 eu tentei tirar um sabático também mas foi negado. Meu objetivo era passar 1 ano viajando o mundo com a esposa de mochila. Infelizmente não deu certo, mas pelo menos estou mais próximo do FIRE. Aproveite esse tempo pra avaliar se quer continuar no sistema público...Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. DP,

    Obrigado por trazer o ranking. É sempre bom saber que ainda tem vários blogueiros na ativa.

    Não se pressione com o ranking, é muito bacana de sua parte manter viva uma tradição que já comemora os 10 anos se contar o tempo do Pobretão.

    É bacana esse período de licença do servidor federal, dá para arriscar na vida com a garantia de um porto seguro se der merda. O complicado é essa burocracia danada para conseguir uma licença, eu sei que no papel a burocracia é feita com boa intenção, mas na prática é usada só para dificultar as coisas.

    Abraços,
    Pi.

    ResponderExcluir
  5. Admiro imensamente a coragem dos colegas servidores de se libertarem das "algemas de ouro" que é a remuneração mensal do cargo. Meu objetivo é depender cada vez menos do cargo para viver. Sigo aportanto, estudando e buscando alternativas.

    Abraço do Investidor Concursado

    ResponderExcluir
  6. Fala Diário! Herói, parabéns pelo mês superado e pela licença kkkkk estou longe mas temos que seguir em frente. Um abraço!

    ResponderExcluir