terça-feira, 21 de junho de 2022

Filme Interceptor - Netflix - Como se já não soubéssemos



A Netflix trouxe um filme recentemente, e esse nem precisou passar pela parte final da lacração, pois desde o começo era só ataque a conservadores republicanos, e celebração de minorias como as grandes heroínas. Se você não sabe, a Netflix e também a Disney são as empresas de streaming que mais lutam pelas causas como ideologia de gênero para crianças, fortificação da crença de que bandido também é gente e merece ser tratado com flores e carinho, aborto, defensor da liberação das DROGAS, entre outras atrocidades.


No filme Interceptor, a protagonista é uma mulher firme, batalhadora, que busca seu lugar nas forças armadas. Isso é ótimo, e de fato, foi uma boa atuação. A história se passa numa base escondida no oceano pacífico, que deve interceptar possíveis mísseis atômicos vindos da Ásia. A personagem principal é escalada de última hora pra trabalhar lá, e quando chega ao local, o bicho começa pegar com uma baita tentativa de ataque, pra poder impedir que os americanos impeçam mísseis nucleares que estão para serem lançados nos EUA. Uma ou outra cena de luta legal, e só! O resto é roteiro ruim e muita, MUITA lacração. Deixe-me listá-las.


1 - O filme exalta uma tartaruga marinha num aquário, como se fosse algo de muito valor, talvez mais até que as pessoas. Isso fica claro quando na cena do tiroteio um dos soldados da base fica ferido, e a protagonista e o indiano responsável pela parte computacional ficam bastante felizes e empolgados porque uma das balas não atingiu a tartaruguinha. Ow que fofo! E no final, depois de TODOS MORREREM, menos a protagonista, claro, a tartaruga sobrevive! E isso é exaltado pelo filme. Humanos? Pra quê, não é verdade?


2 - Um dos vilões se revela durante o ocorrido, sendo um soldado infiltrado no centro da base. Mas desde o começo o roteiro já dá indícios de que não é boa pessoa. Aposta em poker online, e fica se insinuando pra protagonista. A caricatura dele é realmente construída pra você ter ódio da pessoa. Esse cara, ao se revelar vilão, descreve sua descrença nos EUA, pois supostamente deixaram de ser patriotas, passaram a aceitar imigrantes em excesso, e não era mais o país pelo qual ele se alistou pra lutar. Agora virou a casaca e se vendeu por dinheiro. Ahamm, nada inovador. Esse cara faz tanta coisa ruim, e tem um aspecto tão perturbador, que parece que quiseram compará-lo ao louco líder do grupo nacionalista socialista alemão da década de 30 e 40, o de bigodinho Daí, numa cena que quase dei um pulo da cama, quando a atriz principal abre o notebook dele, há um papel de parede de uma mulher de óculos e camiseta, com arma, na frente da bandeira dos Estados Unidos, e uma grande águia. Essa mulher tem todo o tipo daquelas que dão tiros no YouTube, a mulher que gosta de armas. Uma referência clara como cristal aos conservadores republicanos. Triste.


3 - Sem falar que a protagonista posou pra um calendário sensual, até por isso era tratada com certo desprezo por muitos militares (todos vilões, claro). Mas no filme a colocaram como "boa moça", pois fez isso pra caridade. Disso pra um próximo filme em que uma prostituta vulgar seja elevada a heroína com altas honras, não vai demorar. Anota aí.


4 - Colocaram um general das forças armadas importante da história como assediador de mulher.


5 - Minimizaram religião? Claro. Sempre tem aquela cena que menciona "rezar" pra algo dar certo, e mesmo assim dá errado. Isso é praxe em quase todos os filmes.


6 - A protagonista tem marido? Você acha? Óbvio que não! Pra essa turma da lacração, a mulher não pode depender de homem. Tem que lutar e vencer de preferência sozinha. Homem pra quê? O símbolo masculino que aparece é o pai dela, totalmente de acordo com tudo que a mocinha quiser fazer.


A única coisa que se salvou do filme, certamente passou despercebido da Netflix, óbvio. Da mesma forma que Afonso Padilha deu um tiro no pé com Tropa de Elite, quando tentou colocar o capitão Nascimento como vilão, mas o público o considerou o herói do filme, na cena que o pai da moça é refém dos terroristas e parece ter morrido, no finalzinho ele reaparece e explicam que foram os colegas de asilo, fuzileiros navais, que o defenderam. Não fica claro se usaram armas, mas entende-se que sim. Bom.. ao menos eu torci pra isso. Posso sonhar kkkkkkkkk


Próximo artigo quero falar do filme Moonfall, da Amazon, um reduto com características conservadoras e pouca lacração. Em um mar de militância, assistir a um filme como esse dá um alívio.


O que achou? Comenta aí

o

sábado, 18 de junho de 2022

Não Parei o Blog

 Fala pessoal, rapidinho aqui só pra reviver o blog. Estou bem, porém com pouco tempo devido a muitas demandas no trabalhos. Carteira tá caindo uns -15% em junho! Mas seguimos firmes nos aportes.


Como já é de praxe, minha vida é sambar entre receber muito, tentar não gastar tanto, e aportar bastante, mas mesmo assim menos do que poderia e gostaria. Não estou reclamando, apenas reforçando que o problema é meu péssimo hábito de querer aproveitar a renda alta.


Fiz uma coisa interessante ultimamente, no meu orçamento, deixei de um lado o que cabe nas minhas receitas regulares, e do outro os extras que decidi gastar justamente por termos uma excelente renda extra, que já passa meu salário normal. Isso me ajuda psicologicamente saber o que teria que abrir mão caso a renda extra diminua ou acabe. Então, mensalmente eu sei o que posso, e o que "me dou ao luxo".


Outra coisa, estava me deixando muito estressado controlar as receitas e despesas da casa e do negócios da minha esposa online em separado. Baita trabalho e dor de cabeça. Agora fiz algo considerado errado pela prudência empresarial, mas que me deu tremendo alívio mental: juntei tudo numa única planilha, e dentro dela eu separo o que é receita regular, e receitas extras (negócio online). E como já disse, separo o que são gastos regulares e gastos extras (negócio).  Isso melhorou 500% minha eficácia no controle. Reduzi as contas, foquei apenas na minha conta pessoal e na conta jurídica. Mais importante, parei de adiantar dinheiro para além do mês atual. Isso ajudou demais!


Só pra atualizar aqui o blog. Comenta aí. Abraços

sábado, 2 de abril de 2022

Fechamento Março/2022

Como expliquei no último fechamento, passei a diminuir a quantidade de atividades para poder ter mais tempo para produzir mais. Daí parei de contar o orçamento, apenas controlando os investimentos. Bom, o primeiro mês foi um baque enorme, gastamos demais, e o resultado se refletiu no meu patrimônio. Além da queda na bolsa, que puxou o total para baixo, eu acabei tendo que entrar na reserva de oportunidade, e meu patrimônio caiu de R$ 101.046,79 para R$ 86.391,45.

Fiquei bem mal, e decidi retornar aos controles financeiros em planilha. Ainda não me sinto apto o suficiente para simplesmente confiar na minha habilidade de saber quanto gasto mensalmente. O fato de não controlar foi me deixando meio sem foco e ciência da minha situação. Agora é tentar recuperar

Em março fecho meu patrimônio com R$ 94.467,35, tentando me recuperar. Ainda não consegui retornar para os 100k, mas estou na luta. Esse mês entra finalmente um dinheiro da empresa de minha esposa, e assim creio que passaremos tranquilamente para fecharmos abril acima dessa marca.

Desculpem a ausência do ranking de fevereiro, estava com a cabeça atordoada no final do mês, sem saber pra onde o dinheiro tinha ido, e sem força pra voltar a registrar. Mas após dois meses e meio de descontrole, agora estou de volta.

Segue o patrimônio consolidado e separado por ativos, usando a planilha do AdP


Renda Fixa


Renda Variável - Ações

Dólares

Achei ótima o dólar estar caindo tanto, e que caia mais. Só não gostei mais porque diminuiu meu patrimônio consideravelmente. Mesmo com aportes, o valor continua caindo

CDB - PicPay - Reserva de Oportunidade

Praticamente zerei o saldo lá, pra poder fechar umas contas em fevereiro e começar março zerado. Daí gastei bastante em março também, e um valor que tinha colocado lá, novamente foi usado.

Criptomoedas

Por enquanto, só decepção.

Balanço Resumido

Balanço Completo

Estou regularizando minha carteira, pois decidi não mais aplicar os critérios pessoais à estratégia do Joel Greenblatt. Daí vou seguir exatamente como ele diz. Em desde 2019 a diferença entre um critério e outro não tem gerado diferença significativa, e também eu não gosto de ficar comprando em quantidades além de 3 papéis a cada três meses. Meus critérios incluídos na estratégia só estavam deixando meu controle diferente do que recomenda o autor. Daí decidi ser extremamente simples nessas escolhas, aplicando somente o básico que o autor ensina no seu livro, e já está ótimo. Nesse início de criação do patrimônio, preciso focar nos aportes.

Outra coisa, pretendo preparar o ranking até o dia 10, então quem estiver participando, já atualiza.

Peço que coloquem esse meu site na sua lista de blogs, pois ajuda muito na divulgação. Quem quiser, é só me avisar que acrescento na minha lista também, que gera acessos pra vocês a partir de quem entra aqui.

Por hoje é isso. Comenta aí o que achou!

Forte abraço a todos e fiquem com Deus.


Isenção de Responsabilidade

Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não sou profissional de investimentos nem consultor financeiro licenciado. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. O Diário de um Poupador e seu criador não são responsáveis pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.

sábado, 19 de fevereiro de 2022

RANKING FINANSFERA JAN/22

E aí rapaziada... Já viram meu último post de fechamento? Pois é, veja. Nele eu explico as mudanças por aqui, visando um objetivo maior. Então, não estranhe esse Ranking dessa forma, etá tudo explicado lá. Clique aqui e entenda.


Tivemos as primeiras ultrapassagens. Na verdade, no ranking do mês passado foi que ocorreu a subida de posição do 40Invest, eu que não percebi, haha

Mas em janeiro o Inner Burn passou o Soldado do Milhão.

Espero que todos estejam motivados pra ter um 2022 super produtivo e com vários aportes!

Peço que coloquem esse meu site na sua lista de blogs, pois ajuda muito na divulgação. Quem quiser, é só me avisar que acrescento na minha lista também, que gera acessos pra vocês a partir de quem entra aqui.

Por hoje é isso. Comenta aí o que achou!
Vejo vocês nos comentários e no próximo post

Forte abraço a todos e fiquem com Deus.

See ya...


ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não sou profissional de investimentos nem consultor financeiro licenciado. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. O Diário de um Poupador e seu criador não são responsáveis pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Quando Você Passa a Priorizar as Atividades - Fechamento Jan/22

Sabe quando você passa muito tempo querendo realizar algo, mas não consegue colocar em prática? Ou quando você tem um sonho, sabe o que precisa fazer, mas não tem a iniciativa de colocar a mão na massa? Você até tenta, mas diante da primeira dificuldade ou distração você para e volta aos antigos hábitos.

Esse resumo mostra minha vida até alguns meses atrás. Muitos objetivos nobres, projetos interessantes, propostas de melhora de vida pra mim e pra minha família não saíam do papel. Algumas coisas boas aconteceram, graças a Deus, e também cheguei a trabalhar durante algum tempo, mas a falta de foco me fazia voltar à falta de disciplina de antes.

Decidi mudar de vida, decidi fazer mais e melhor. Passei a acordar cedo, adotar uma rotina matinal motivadora e super produtiva. Passei a ler mais, refletir mais, agradecer mais, me exercitar mais, e agora já coloco meus projetos em prática diariamente. Ainda estou na fase de adquirir os hábitos, mas a melhora já é visível.

Nesse caminho, entendi que o foco seria essencial, e algumas coisas parei de fazer. Seja deliberadamente, onde de forma consciente eu decidi deixar de lado, ou naturalmente, em que ao fazer as atividades prioritárias e tentar focar nisso, outras coisas corriqueiras foram ficando pra trás. Só que ocorreu um problema, previsto, mas ruim.

Algumas atividades que eu tinha como importantes foram ficando de lado. Em parte por preguiça mesmo, e em outra por justamente faltar tempo, pois estava me dedicando às prioridades. Uma delas foi o controle orçamentário.

Pra quem me acompanha aqui sabe de minha disciplina em trazer regularmente meu controle de investimentos e controle financeiro, que inclui receitas e despesas, todas muito detalhadas. Também venho trazendo o controle não só de meu orçamento familiar, mas também da empresa de minha esposa. Saber todos os detalhes das finanças pessoais e da empresa me deixavam de certa forma tranquilo quanto à realidade.

Só que desde meados de janeiro eu simplesmente deixei de lado, após quase 6 anos de controle rígido ininterrupto em planilha. Ou seja, eu não sei quanto ganhei exatamente em janeiro e até agora em fevereiro. Também não sei quanto gastei, e isso é causa de preocupação. Confesso que não fiquei tranquilo por não estar fazendo isso, foi o contrário.

Estou tendo mais tempo para as prioridades ao deixar de lado essa e outras atividades? Sim. Mas um dos meus objetivos é ser livre financeiramente, como a maioria que acompanha o blog. E um passo crucial para isso é controlar bem seu dinheiro.

Aqui está a chave, "controlar bem". Passei a pensar se não haveria uma forma de controlar bem, sem tanto detalhamento, que me levava horas e horas todas as semanas. Talvez um controle mais geral, sabendo quanto entra e uma noção boa de quanto sai nas despesas. A partir daí, pagar as contas fixas, e deixar o restante pra ir utilizando ao longo do mês. Essa proposta seria ótimo, mas há um problema: eu tenho um controle diferente.

Na minha família eu sempre estou emprestando algo, adiantando algum dinheiro, ou trocando, por exemplo, tickets refeição para meus irmãos, e usando os cartões deles. Além, claro, de vira e mexe fazer compras nos cartões de crédito, todas muito bem anotadas e consideradas pelo regime de competência da contabilidade. Ou seja, quando compro no cartão, eu já conto como se o dinheiro tivesse saído, e mantenho um controle rígido dessas despesas, de forma que praticamente nenhuma me surpreende quando vem a fatura.

Passar a fazer esse controle sem tanta rigidez poderia me levar para o buraco, talvez. Então, para isso precisaria resolver como administrar isso. Talvez tenha que sair da minha zona de conforto e passar a ser mais simples. Não emprestar, ou emprestar e anotar numa agenda com despertador o dia de receber. Talvez conversar com a família e dizer que não poderei mais funcionar como um "banco".

Outro problema, a empresa. Como administrar as entradas e saídas, o controle de receitas que entrou de fato e as que ainda vão entrar? Como registrar as despesas e monitorar se os custos não estão corroendo os lucros? Como saber quanto posso utilizar das entradas do negócio no orçamento pessoal ao final do mês, sem comprometer a funcionalidade da nossa atividade?

São questões complicadas. Por isso demorei tanto pra trazer aqui meu fechamento. Bem, meus investimentos não é difícil controlar. Uma vez por mês eu anoto o valor atual de cada ativo, e só. O problema é o orçamento e fluxo de caixa, da empresa e o da família.

Bem, a partir de hoje, para poder manter o ritmo das postagens, sem atrasar, pretendo trazer tudo muito resumido, até me decidir sobre como fazer. Pois não pretendo mudar o foco, nem parar de fazer as atividades prioritárias para controles que levam horas e horas. O que quero fazer é algo simples, que não comprometa minhas finanças a um nível perigoso, mas que me permita ter tempo de continuar concentrando nas tarefas que mais importam.

INVESTIMENTOS


Leve diminuição em relação ao mês passado devido à queda das ações.

Evolução e Rentabilidade Consolidada



Veja a diferença entre este fechamento e o último do ano passado. Clique aqui.

O Ranking da Blogosfera sai amanhã, já vou deixar programado. Será mais simples também, mas vamos acompanhar a evolução de cada participante.

Peço que coloquem esse meu site na sua lista de blogs, pois ajuda muito na divulgação. Quem quiser, é só me avisar que acrescento na minha lista também, que gera acessos pra vocês a partir de quem entra aqui.

Por hoje é isso. Comenta aí o que achou!

Forte abraço a todos e fiquem com Deus.


Isenção de Responsabilidade

Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não sou profissional de investimentos nem consultor financeiro licenciado. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. O Diário de um Poupador e seu criador não são responsáveis pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.

domingo, 16 de janeiro de 2022

Ranking da Finansfera Dezembro/2021

2021 acabou, e pra muita gente não foi tão legal quanto gostariam. A bolsa CAIU, perdeu valor, e quem investiu em ações ou perdeu dinheiro no ano passado, ou ao menos não rendeu tanto. Se saiu melhor que focou mais em renda fixa, ou mesmo em criptomoedas.

Com carteiras bem diversificadas, ou bem consolidadas, a maioria dos participantes do ranking sobreviveu bem a 2021, e finalizou o ano com um patrimônio considerável. Destaque para nosso amigo Cowboy Investidor, que assume o topo do ranking após passar os 450 mil reais de patrimônio, com uma subida de praticamente 4% em dezembro, e também devido à falta de atualização do Executivo Pobre. 2 meses sem atualizar o patrimônio me fizeram retirá-lo agora em dezembro. Caso ele volte a postar regularmente, entra de novo na lista.

Vamos, então, a mais um Ranking da Finansfera.


A Saga dos Participantes

O Cowboy seguiu seu ritmo firmes de aportes realmente significativos, e conseguiu fechar o ano acima dos 450 mil reais de patrimônio. Parabéns companheiro! Nos conte como aportar tanto assim! hehe

Recomendo a leitura do post no seu blog:

Garota de Investimento, apesar de mostrar um patrimônio robusto, inclusive aportando bem ano passado, ela acabou terminando 2021 praticamente com o mesmo valor de 2020. Isso que é patrimônio "siri", andando de lado. Mas ela segue firme é uma inspiração.

Jiraya Investidor fecha o ano com um ótimo patrimônio, e agora está estudando marketing digital, com foco em aumentar a renda. Certíssimo o Jiraya, recomendo a todos que quiserem uma renda extra, façam o mesmo do colega.

Poupador do Interior trouxe um fechamento de dezembro bastante detalhado. Isso mostra a disciplina de alguém que controla bem sua carteira de mais de 200 mil reais. Recomendo uma passada lá no blog do amigo.

40 invest passou uns perrengues no início do ano, e também iniciou uma nova aventura comprando um segundo carro, nos mesmos moldes de como fiz em 2021. Vale a pena uma passada no blog do colega pra ver as histórias.

O colega Nurrunumorrumonumo do Milhão (rsss) teve mais um mês de aporte firme, e com isso termina 2021 com mais de 200 mil reais na carteira.

Saindo do Banco acabou saindo para as compras e baixou seu patrimônio (kkkk). Após quitar umas dívidas e adquirir alguns bens, teve uma baixa logo no final do ano, vindo abaixo dos 200k.

Jovem Aportador logo após estrear no ranking, já tem um mês que não atualiza seu patrimônio. Mantive-o esse mês, pra ver se ele ainda volta a postar regularmente. Se liga aí Jovem!

Em 9º lugar no ranking, consegui fechar 2021 com mais de 100k, porém com muita dificuldade e muitos gastos. Ganhando incrivelmente bem, graças a Deus, acabei gastando muito ao longo do ano, e aqui no blog você pode acompanhar como foi essa gastança.

Soldado do Milhão termina o ano com mais de 60 mil reais, e continua sua luta contra as dívidas. Força aí SM.

Inner Burn conseguiu terminar 2021 com mais de 50k, e manteve sua disciplina em manter um blog totalmente aleatório (kkkkkkk), mas com regularidade nos fechamentos.

Nosso colega Maromba passou da conta no final do ano gastando com diversão, mas está mais que certo, temos que aproveitar mesmo. Às vezes eu me vejo diante de certas oportunidades de curtir com a família, e não me nego. Se eu conseguir curtir, viajar, comprar algumas coisas, e mesmo assim juntar, ainda que menos do que poderia, eu não vou me arrepender depois. O que eu não gosto é quando eu gasto com coisas desnecessárias, ou não faço economias que poderia tranquilamente fazer. Aí eu me incomodo. Mas se eu gastar bem e aproveitar dentro do razoável, e mesmo assim não poupar o que poderia, ou não poupar nada, estou de consciência tranquila.

Investir em Disciplina mantém sua carteira firme em renda variável, e com bom potencial de valorização.

Por fim, o Investidor Universitário, acabou a faculdade de medicina, e já entra no mercado de trabalho sobrecarregado. Sua meta para 2022 é ambiciosa, mas estamos na torcida pra dar tudo certo, afinal, o cara merece depois de tanta batalha. Siga o blog do colega para mais detalhes.

CONCLUSÃO

Espero que tenham gostado. Esse mês não pude visitar tanto os blogs dos colegas, apenas para verificar o fechamento e ler os posts de histórias, pois aí o ranking pode ficar mais legal. Mesmo assim, senti que não posso ficar falando muito por aqui, se não me desmotiva manter o ranking, afinal, demora bastante ficar lendo e escrevendo muito. Então, tentarei deixar sempre o ranking enxuto, e na medida do possível, com alguns detalhes interessantes e comentários sobre a vida de cada um dos participantes.

Peço que coloquem esse meu site na sua lista de blogs, pois ajuda muito na divulgação. Quem quiser, é só me avisar que acrescento na minha lista também, que gera acessos pra vocês a partir de quem entra aqui.

Por hoje é isso. Comenta aí o que achou!
Vejo vocês nos comentários e no próximo post

Forte abraço a todos e fiquem com Deus.

See ya...


ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não sou profissional de investimentos nem consultor financeiro licenciado. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. O Diário de um Poupador e seu criador não são responsáveis pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.














sábado, 15 de janeiro de 2022

37 Livros para Ler em 2022 e como Conseguir


Abaixo eu listo os livros que tenho como meta ler em 2022. São vários, e alguns deles em inglês, e de acordo com o número de páginas, não vai ser tão fácil assim, mas é plenamente possível.

Precisarei ler ao todo 10202 páginas só dos livros em português, que são ao todo 29. E considerando que faltam 350 dias para o final do ano, preciso ler uma média de 29,14 páginas por diaEstou no meio da leitura de 3 livros, e esses considerei à parte no cálculo, para não atrapalhar a meta dos outros. 

Esse número de páginas considera a pesquisa feita no site da Amazon, logo, estão incluídas as páginas como contracapa, prefácio, notas, apêndices, entre outros, que não fazem parte da leitura essencial. Pra mim, vale ler a introdução e o conteúdo, e alguma coisa a mais que pertença ao assunto, mas não os citados anteriormente. Eu leio o prefácio se for de alguém interessante. Dessa forma, não serão exatamente 10202 páginas, mas um pouco menos. Assim, considerando uma meta de ler 30 páginas por dia, eu creio que conseguirei cobrir os dias em que não der pra ler tanto. Pretendo ir atualizando a meta mensalmente nos fechamentos aqui no blog.

Considerando os livros em inglês, são 4 livros, com 1652 páginas ao todo. Eu pensei em uma forma de incluir na leitura anual, mas é complicado, uma vez que o levo mais tempo para ler as páginas. Então decidi deixar de fora do cômputo e a leitura se dará de forma gradual, usando a minha "dica do banheiro". Sempre que vou ao banheiro, não levo mais celular, e lá eu deixo um livro na prateleira para ir lendo nos minutos que estiver 'no trono'. Cada ida minha ao banheiro dá pra ler entre 5 e 10 páginas. Como eu vou ao banheiro ao menos 1 vez ao dia, dá pra ler esses 4 livros em inglês tranquilamente ao longo do ano.

O desafio é cumprir a leitura desses 36 livros até o final do ano. 33 livros novos, (29 em PT e 4 em EN) e 3 livros com a leitura em andamento. Se eu conseguir me superar e ler mais ainda, quem sabe não fecho com 40 livros lidos em 2022, uma média de 6 livros a cada 2 meses!

Difícil? Certamente.
Impossível? De forma alguma. Disciplina é a palavra chave.

Também tenho como objetivo fazer um rápido resumo dos livros aqui no blog, e em outras mídias, mas esse plano não será tido como meta de 2022, pois ficaria muita coisa pra fazer. Portanto deixarei para falar mais sobre os livros que eu realmente achar interessante.

Abaixo segue a lista das obras que pretendo ler até o final do ano. Ao final, uma lista dos livros que já li, e alguns objetivos que tenho para cada um, seja ler novamente, ou fazer uma resenha aqui no blog.

LIVROS NOVOS EM PORTUGUÊS

As 16 Leis do Sucesso
Autor: Napoleon Hill
Páginas: 304

Mindset
A Nova Psicologia do Sucesso
Autor: Carol S. Dweck
Páginas: 312

Fora da Curva
O Segredo dos Grandes Investidores do Brasil - E o que Você Pode Aprender com Eles
Autor: Florian Bartunek e outros
Páginas: 216

A Psicologia Financeira
Lições Atemporais sobre Fortuna, Ganância e Felicidade
Autor: Morgan Housel
Páginas: 304

Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes
Lições Poderosas para a Transformação Pessoal
Autor: Stephen R. Covey
Páginas: 462

O Milionário Mora ao Lado
Os Surpreendentes Segredos dos Ricaços Americanos
Autor: Thomas J. Stanley e outro
Páginas: 324

Comece pelo Porquê
Como Grandes Líderes Inspiram Pessoas e Equipes a Agir
Autor: Simon Sinek
Páginas: 256

As Armas da Persusão 2.0
Autor: Robert P. Cialdini
Páginas: 656

1984
Autor: George Orwell
Páginas: 336

A Arte de Fazer Acontecer
Estratégias para Aumentar a Produtividade e Reduzir o Estresse
Autor: David Allen
Páginas: 320

O Princípio 80/20
Os Segredos para Conseguir Mais com Menos nos Negócios e na Vida
Autor: Richard Koch
Páginas: 256

A Lei do Triunfo
16 Lições Práticas para o Sucesso
Autor: Napoleon Hill
Páginas: 672

Quem Pensa Enriquece
Autor: Napoleon Hill
Páginas: 364

O Segredo dos Casais Inteligentes
Autor: Gustavo Cerbasi
Páginas: 160

Investimentos Inteligentes
Autor: Gustavo Cerbasi
Páginas: 256

A Lógica do Cisne Negro
O Impacto do Altamente Improvável
Autor: Nassim Nicholas Taleb
Páginas: 464

Arriscando a Própria Pele
Assimetrias Ocultas no Cotidiano
Autor: Nassim Nicholas Taleb
Páginas: 312

Antifrágil
Coisas que se Beneficiam com o Caos
Autor: Nassim Nicholas Taleb
Páginas: 616

O Mais Importante para o Investidor
Lições de um Gênio do Mercado Financeiro
Autor: Howard Marks
Páginas: 208

O Investidor Inteligente
O Guia Clássico para Ganhar Dinheiro na bolsa
Autor: Benjamin Granhan
Páginas: 672

Análise Fundamentalista
Como Obter uma Performance Superior e Consistente no Mercado de Ações
Autor: José Kobori
Páginas: 208

Mini Hábitos
Como Alcançar Grandes Resultados com o Mínimo de Esforço
Autor: Stephen Guise
Páginas: 152

Isso é Marketing
Para ser Visto é Preciso Aprender a Enxergar
Autor: Seth Godin
Páginas: 288

Essencialismo
A Disciplinada Busca por Menos
Autor: Greg McKeown
Páginas: 308

O Poder do Foco
O Caminho Certo para Atingir suas Metas Empresariais, PEssoais e Financeiras
Autor: Jack Canfield e outros
Páginas: 350

O Milagre da Manhã para se Tornar um Milionário
Os Segredos das Pessoas Bem Sucedidas que Vão Ajudar Você a Enriquecer
Autor: Hal Erold
Páginas: 238

Princípios
Autor: Ray Dalio
Páginas: 601

Storytelling
Autor: Carmine Gallo
Páginas: 288

Como e Quando Investir - Eis as Questões
Autor: Jean Márcio de Melo
Páginas: 299


LIVROS EM INGLÊS

Total Money Make Over
A Proven Plan for Financial Fitness
Autor: Dave Ramsey
Páginas: 256

The Millionarie Fast Lane
Crack the Code to Wealth and Live Rich for a Lifetime
Autor: M I DeMarco
Páginas: 340

Come Into My Trading Room
A Complete Guide to Trading
Autor: Alexander Elder
Páginas: 320

Tools of Titans
The Tatics, Routines, and Habits of Bilionaries, Icons, and World-ClassPerformers
Autor: Tim Ferris
Páginas: 736


LEITURA EM ANDAMENTO

12 Regras para a Vida
Um Antídoto para o Caos
Autor: Jordan B. Peterson
Páginas: 448

Iludidos pelo Acaso
A Influência da Sorte nos Mercados e na Vida
Autor: Nassin Nicholas Taleb
Páginas: 328

Gatilhos Mentais
Autor: Gustavo Ferreira
Páginas: 144

LIVROS JÁ LIDOS

O Milagre da Manhã
Autor: Hal Erold
Páginas: 196
ComentáriosJá o li duas vezes, e sempre que posso volto para ler as minhas marcações, pois o incentivo e motivação é GIGANTESCO.

Pai Rico Pai Pobre
Autor: Robert T. Kiyosaki
Páginas: 336
Ano da Leitura: 2011*
Comentário: Já faz tempo que o li, mas foi uma leitura que abriu minha mente para investir. Já até dei de presente uma cópia para cada um de meus dois irmãos. Vale a pena demais pra quem está começando. Quero ler novamente em um ano futuro, se Deus quiser.

Do Mil ao Milhão
Autor: Thiago Nigro 
Páginas: 295
Através de áudio-book 
Ano da Leitura: 2021
Comentários: Escutei em áudio book durante uma das minhas várias viagens de carro. É bom, basicamente um resumo de vários investimentos e um pouco da mentalidade de investir, com bastante explicação de juros compostos e curva de crescimento patrimonial. É um livro básico, pra quem está começando.

Rápido e Devagar
Autor: Daniel Kahneman
Páginas: 608
Ano da Leitura: 2021
Comentários: Um dos melhores livros que já li. Fala sobre a forma como nossa mente é limitada para pensar de forma estatística confiável, e os erros que cometemos em situações que deveriam ser simples, mas nossa mente nos confunde. Eu li já pensando em ler novamente e fazer uma bela explicação detalhada de vários tópicos.

Trabalhe 4 Horas por Semana
Autor: Tim Ferris
Páginas: 400
Ano da Leitura: 2021
Comentários: Nossa, essa obra do Tim Ferris mexeu comigo, pra levantar a bunda da cama e realizar as tarefas de buscar melhorar na geração de receitas. Fiquei bastante empolgado com as possibilidades. O livro traz muito assunto que deve ser entendido com o marketing digital e publicidade online, além, claro, o assunto carro chefe do livro: como produzir mais, em bem menos tempo.

Ponto de Inflexão
Autor: Flávio Augusto da Silva
Páginas: 208
Através de audio-book
Ano da Leitura: 2021
Comentários: Eu já tinha visto o Flávio Augusto em vários vídeos na internet, mas nunca quis dar atenção ao que ele falava por pensar que era "mais um coach". Essa visão errada que eu tinha se esvaiu completamente quando eu dei chance para assistir a um vídeo dele, e assim pude conhecer sua história. Saindo da humildade, para se tornar um dos bilionários brasileiros mais bem sucedidos. Sem herança, sem loteria, só no trabalho duro e dedicação. A história dele me motivou demais!

A Arte da Guerra
Autor: Sun Tzu
Páginas: 160
Através de audio-book
Ano da Leitura: 2020
Comentários: Parece inócuo ler um livro tão antigo, mas ao ficar sabendo das táticas de guerra de séculos atrás, você consegue fazer um paralelo INCRÍVEL sobre várias situações práticas da vida cotidiana, que não deixa de ser uma guerra. Detalhe, você consegue fazer essa comparação sem ninguém te explicando, somente com o texto antigo do autor.

Axiomas de Zurique
Autor: Max Gunther
Páginas: 208
Ano da Leitura: Não lembro*
Comentários: Eu sou trader e também sou investidor, e com esse livro pude aplicar alguns axiomas nas minhas estratégias, e senti que eles tinham o potencial de melhorar bastante tudo o que eu fazia nos investimentos. Pretendo ler outra vez e explicar aqui no blog.

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas
Autor: Dale Carnegie
Páginas: 256
Ano da Leitura: 2021
Comentários: Como explicar a ESSENCIALIDADE dessa obra?! Quando era mais jovem, na faculdade, eu li um livro de gestos corporais para persuadir as pessoas, e gostei muito. Não lembro o nome da obra, mas sei que ficou marcado em mim aqueles ensinamentos e eu passei a aplicar várias coisas. Quando li o livro do Dale Carnegie, fiquei impressionado como várias coisas simples e potentes que eu já fazia tinha sido escritas há tanto tempo! Pude aprender outras coisas e validar ainda mais o que eu já tinha visto na prática que era verdade.

Geração de Valor - Volumes 1, 2 e 3
Autor: Flávio Augusto da Silva
Páginas: 624 (208 + 208 + 208)
Ano da Leitura: 2021
Comentários: O Flávio Augusto escreveu esses 3 outros livros, e por mais que eu achei bastante "pastel de vento" na maior parte do tempo, no meio de cada um, uma pérola aparecia e saltava aos olhos. Conselhos realmente significativos. Esses 3 livros dariam um só, com 50 páginas, sem os vários desenhos e ilustrações, só com os ensinamentos mais importantes. Mas eu entendi a ideia do autor ao colocar inúmeras imagens nas obras, o impacto que elas podem causar. Vale a pena.

A Fórmula Mágica para Bater o Mercado de Ações
Autor: Joel Greenblatt
Páginas: 168 (PT); 183 (EN)
Lida também a versão em inglês
Ano da Leitura: 2016 (PT); 2021 (EN)
Comentários: Basicamente foi tão bom, que hoje sigo unicamente a sua metodologia para comprar e vender ações. E o resultado está aí nos meus fechamentos aqui no blog, mais de 2,6% ao mês, cerca de 37% ao ano, em média, nos últimos 3 anos investindo.

Arrume a sua Cama
Autor: William H. McRaven
Páginas: 128
Ano da Leitura: 2021
Comentários: O primeiro conselho é o que eu achei mais interessante, apesar de os outros terem também sua importância. Mas teve um que de fato ascendeu em mim muitas questões, sobre o risco. Vale a pena.

Trading in The Zone
Autor: Mark Douglas
Páginas: 224 (PT); 156 (EN)
Lida também a versão em inglês
Ano da Leitura: Não Lembro*
Comentários: A obra prima do trading. O que eu aprendi sobre mentalidade e operacional veio desse cara. Sem compreender o que ele ensinou, eu estaria perdendo muito dinheiro.

The Disciplined Trader
Autor: Mark Douglas
Páginas: 256
Lida a única versão, que é em inglês
Ano da Leitura: Não lembro*
Comentários: Basicamente tem os mesmos princípios ensinados no livro Trading in the Zone, porém, como esse aqui veio primeiro que aquele, há mais explicações detalhadas, e no mais recente tem um condensado mais enxuto do que ele falou e entendeu ser mais importante, além de novas reflexões.

Como se Tornar um Operador e Investidor de Sucesso
Autor: Alexander Elder
Páginas: 320
Ano da Leitura: 2011
Comenários: Faz tanto tempo que li que não lembro muito bem. Mas o que ficou marcado pra mim desse livro foi o final, quando o autor falou que conseguir render 30% ao ano com o trading já era algo bastante alto. Na época eu queria 10% ao mês... No livro ele também fala bastante da estratégia que ele usa. Algum dia quero voltar a ler novamente, agora com meu conhecimento maior, após mais de uma década, será interessante.

O Homem mais Rico da Babilônia
Autor: George S. Clason
Páginas: 160
Através de audio-book
Comentários: Um livro que eu não concordei com várias coisas, pois tenho minha crença. Mas quanto à parte da disciplina em poupar e do incentivo ao trabalho é um livro que inspira a ter bons procedimentos. Pra muita gente é um dos livros mais importantes. Tirando toda a parte mitológica do livro, na qual não acredito, o princípio de poupar, contado com histórias, torna a leitura interessante.

Os Segredos da Mente Milionária
Autor: T. Hark Ever
Páginas: 
Ano da Leitura: Não lembro
Comentário:
Faz anos que o li, e apesar de também não concordar com muitas premissas do autor, gostei de quando ele ensina sobre os arquivos mentais, e como os utilizamos na hora de tomar decisões financeiras. Ele traz uma abordagem de como reprogramar esses "arquivos".

Agora vamos dar início, pois terei muitas páginas pela frente.

Peço que coloquem esse meu site na sua lista de blogs, pois ajuda muito na divulgação. Quem quiser, é só me avisar que acrescento na minha lista também, que gera acessos pra vocês a partir de quem entra aqui.

Por hoje é isso. Comenta aí o que achou!

Forte abraço a todos e fiquem com Deus.


Isenção de Responsabilidade

Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não sou profissional de investimentos nem consultor financeiro licenciado. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. O Diário de um Poupador e seu criador não são responsáveis pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.