domingo, 10 de dezembro de 2017

A Era da Obsolescência das Mídias



Hello buddies, como estão?

Hoje vou refletir um pouco sobre algo do nosso cotidiano, que não percebemos, ou percebemos, mas não nos damos conta de onde isso vai dar.

Trata-se dos arquivos de mídia que armazenamos nos celulares, tablets, computadores, todos os dias. Seja recebendo através de aplicativos de troca de mensagens, especialmente o whatsapp, ou utilizando nossas câmeras, microfones, tudo.

A cada dia, nossos aparelhos smartphones recebem toneladas de vídeos, fotos, arquivos de áudio, músicas, documentos, pdfs diversos, entre outros. Tiramos fotos de várias coisas durante os dias, uns menos, outros mais, outros bem mais.

E o que fazemos? Alguns apagam tudo, livrando espaço para outros e novos arquivos. Já outros, acredito que a maioria, vão guardando, armazenando tudo no celular, no cartão de memória, depois passando pro PC, e quando lota o HD, põem na nuvem, ou mandam tudo para uma mídia externa de backup, como um HD externo (a era dos DVDs armazenando arquivos já passou!).

Se você é do segundo grupo, que guarda tudo, já pensou onde isso vai parar?


Tempos atrás existia algo que hoje é difícil de encontrar. Se você for bastante jovem, te apresento um novo conceito: chama-se paciência.

Menos de 20 anos atrás esse termo "paciência" era algo regularmente ouvido por nós. Hoje parece que tem que ser tudo na hora, tudo instantaneamente. A palavra "esperar" dói nos ouvidos mais jovens.

Lembram de como eram as fotos há algum tempo atrás. Precisávamos comprar filme, para 36 fotos no máximo. E ainda tínhamos que aguardar uma semana para revelar as fotos. Depois de reveladas, pagas e adquiridas, guardávamos em um álbum físico, e dávamos valor àquilo. Não existia isso de tirar 100 fotos de selfie pra aproveitar apenas uma! Filmagens eram mais raras ainda. Aí de quem apagasse ou gravasse por cima dos nossos VHS, deletando nossas lembranças.

Porém, desde o alto crescimento da era digital, isso tornou-se algo comum, ordinário.

Hoje, guardamos milhares, senão milhões de fotos e vídeos. Gigas, terasbytes de arquivos estocados e armazenados em dispositivos de mídia de todo tipo. HDs, Pendrives, nuvem, onde puder guardar coisa, vamos 'tacando' tudo lá dentro.

E onde você quer chegar, Diário?

O número de pessoas que param para rever esses arquivos é irrisório (se é que existe alguém que vá atrás de pdf antigo só por diversão!). Fotos e vídeos de lembranças até pode acontecer de irmos lá vez ou outra e matarmos a saudade. Mas com o tempo esse material vai ficando obsoleto.


Mas Diário, mesmo quando não havia tanta tecnologia as fotos também ficavam obsoletas.


Mas acontece que hoje esse fenômeno está acontecendo numa escala muito maior e muito mais rápida!

Pare e pense: qual foi a última vez que você parou para tirar foto de algo que achou interessante?

Agora responda: qual foi a última vez que você parou para ir atrás de alguma dessas fotos?

Caso a diferença de tempo seja considerável, é sinal de que você entrou na Era da Obsolescência das Mídias

E quais as consequências disso tudo? Dá pra fazer algumas projeções, mas não tem como saber ao certo onde isso vai parar.

Digamos que com bilhões, trilhões até, de mídias no mundo, os dispositivos de armazenamento vão ficando escassos. Aí é só desenvolverem novas formas de armazenar mais arquivos, em menos espaço. E o que isso causa, podemos então nos afundar mais ainda nesse ciclo:  já que temos mais espaço então vamos gerar mais arquivos, que consequentemente serão armazenados em maior quantidade, e novamente precisaria-se de novos meios de armazenamento, mais potentes e em menores espaços, pois o espaço é um capital limitado no mundo.

Outra consequência, especialmente para nós da blogosfera e para aqueles que poupam regularmente, é o custo desses meios para guardar tanta mídia, digamos assim, muitas vezes desnecessária. Com mais arquivos, caso você não os apague com certa frequência, você vai precisar de novos HD's, novos pendrives, cartões de memória. E caso você coloque tudo na nuvem, só não terá problemas se conseguir espaço de graça... Caso queira pagar por um serviço de armazenamento mais seguro e mais potente para colocar seu arquivos, vai desembolsar um dinheiro que não precisaria caso fôssemos mais racionais em gerar tantos e tantos arquivos.

E como sabemos bem, os preços de HD's de qualidade e de boa quantidade de espaço não é dos mais baratos. Portanto estamos gastando dinheiro com espaço de armazenamento para guardar algo de que não vamos fazer uso. Não há melhor definição de "jogar dinheiro fora" do que comprar algo que não vamos usar de fato.

Outra consequência é a frustração que gera saber que temos tantos arquivos, mas não temos tempo de parar para revê-los. Cada dia que passa sentimos uma brevidade dos tempos. É como se não desse tempo pra nada, pois vamos assumindo mais tarefas, mais responsabilidades, mais coisas no dia-a-dia e não sobra tempo nem para nos cuidarmos direito, que o dia parar pra ver arquivos antigos.

Se você tem se sentido assim, cheio de coisa no dia-a-dia sem tempo pra nada, focado em atingir a independência financeira, trabalhando ininterruptamente, e sente que não está bem, sugiro fortemente ler esse post onde fiz uma reflexão bem importante sobre como passar os seus dias: "Enquanto a IF não chega..."


E num futuro mais distante...?

Indo um pouco mais longe, em algumas dezenas de anos, pode ser que haja uma quantidade de arquivos no mundo tão grande, que seja preciso formatar tudo e começar do zero. Exatamente como quando seu Smartphone fica com a memória cheia e dá pane. Pode ser uma grande crise tecnológica, um caos nos sistemas de troca de mensagens e mídia... talvez.

Pra que isso não aconteça, vai ser preciso continuarem desenvolvendo novas e menores formas de armazenamento de mídia. Do contrário, e da forma como vai indo, precisaremos de um continente só para armazenar o conhecimento existente no mundo em forma digital.


E aí, o que você faz com suas toneladas de arquivos da câmera e do whatsapp do seu Smartphone?

Estou considerando começar a apagar tudo e só guardar o que for extremamente necessário!

Grande abraço, fiquem com Deus...


6 comentários:

  1. Ainda mais agora com a internet das coisas … tem aplicativos que monitoram sono corridas e caminhadas como o strava ..monitores cardíacos , transações bancarias que ficam armazenadas , dados de gps … e por ai vai.... quem sabe no futuro espaço digital não seja a próxima commodities …

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente comentário SM. A cada dia que passa surgem novas idéias e tecnologias que necessitam de mais e mais espaço de armazenamento. Parece que tudo na vida estão 'internetizando' e digitalizando. Haja dispositivo de armazenamento!

      A próxima commoditie, muito bom!

      Valeu a visita, um grande abraço

      Excluir
  2. Olá DdP,

    Eu sempre estou apagando as mídias recebidas. Deixo meu celular limpo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você faz parte do seleto grupo de pessoas organizadas Cowboy. A grande maioria das pessoas que conheço não consegue simplesmente se livrar daquelas fotos duplicadas que tiramos toda vez que vamos registrar um momento, preferem guardar tuuudo.

      Preciso começar agir assim pra livrar espaço em meus aparelhos.

      Um abração colega

      Excluir
  3. Respostas
    1. Valeu DIL... temos que sempre ficar atentos pra não encher de coisas inúteis nossos aparelhos e ter problemas por causa disso. Hoje em dia o nível de informação que recebemos diariamente é gigantesco para simplesmente deixarmos lá no cartão de memória ou no PC.

      Grande abraço e fica com Deus.

      Excluir